Succes is something you attrack by the person you become

Leva um tempo, mas a gente acaba entendendo …

Parece uma grande promessa utópica quando ouvimos algumas pessoas falarem sobre sucesso e o que nos leva a ele.

Mas existe uma maneira muito simples de se chegar ao SEU sucesso. SEU, porque o sucesso é relativo para cada um.

A maneira como você trata a você mesmo e aos outros é o fator determinante para esse caminho.

Ok ! Já ouvi isso um milhão de vezes, me conta alguma coisa que eu ainda não saiba!…(devem estar pensando)

O problema é esse, a gente escuta um milhão de vezes, mas conceito não é internalizado.

Num determinado período da minha vida eu não gostava do que eu fazia e não gostava de ir para o meu trabalho. Pensei comigo: vou mudar de trabalho e mandei mais de 100 currículos, mas para a minha surpresa, NENHUMA empresa me chamou para uma entrevista sequer. Isso é no mínimo estranho porque ninguém chegou a conversar comigo pra dizer que não gostou de mim. O meu  meu currículo é muito bom, poderia ter sido chamada muitas vezes. Então o que aconteceu?

Depois de muito indagar, cheguei à conclusão de que o universo estava me dando algum recado. Algo estava precisava ser feito, qual seria a chave para essa mudança?

Paralelo a isso estava passando por uma fase um tanto conturbada que fazia tudo ficar nebuloso e mais confuso ainda. Meu pai faleceu, terminei um noivado e não estava numa boa fase com a minha mãe. Como já estava muito cansada de tudo, decidi silenciar minha mente e me dar um descanso.

Lembro-me que numa segunda feira pela manhã acordei e olhei tudo ao meu redor, agradeci por ter uma casa, por ter minha filha linda saudável, por ter a minha liberdade, pela minha comida, minhas pernas e braços para trabalhar e também pelo meu trabalho. Tomei meu café e senti cada sabor, cada textura do meu alimento. Olhei bem para minha filha e vi seus olhos azuis vívidos lindos, alegres e agradeci a Deus por ter me concedido Sua filha para eu tomar conta… E modéstia parte, eu fiz uma menina linda…

Fui para a academia e treinei cada músculo do meu corpo com muito amor, me achando linda e valorizando cada pedacinho de mim… Aceitando-me como sou.

Depois tomei um banho peguei minhas coisas e fui para o meu trabalho prestando atenção nas ruas, nas pessoas e pensando que cada uma é um universo e tem sua própria história de vida, uma diferente da outra. Naquele momento eu decidi que iria ser a protagonista da minha, eu queria escrever a minha própria história, sem me deixar ser levada pela dos outros.

Coloquei minha música e fui embora… Deste dia em diante minha vida mudou.

Não passei a amar meu trabalho do dia pra noite, mas decidi que faria tudo com o amor e isso sim me atraiu coisas boas e inesperadas. Minha curva de aprendizado aumentou, fiz mais parceiros no trabalho, comecei a tratar meus clientes de uma maneira muito especial e isso tudo começou a gerar prazer e eu comecei a ir feliz trabalhar todos os dias… Eu mudei e mudei meu universo.

Enxerguei que o que eu achava que era uma vida, na verdade não estava nem perto de ser. Pessoas que eu julgava ser o centro de tudo, só me tiravam do foco e as que eu julgava “desnecessárias” eram na verdade, as mais importantes. Essa foi a minha segunda lição.

Decidi prestar atenção nos meus amigos prósperos e suas atitudes, me perguntei: o que eles faziam de diferente? Prestei atenção em tudo, na maneira como eles se vestiam, falavam, etc… Mas uma coisa me chamou a atenção: a maneira como tratavam os pais. Sim… Vocês podem até achar isso banal… Mas é a mais pura verdade, existe relação! No momento que você reverencia seus antepassados, sua história, sua família e de onde você vem, você se torna próspero.

Esta é uma característica nata entre todas as pessoas prósperas que eu conheço. Há o oposto também, percebi que entre os amigos que não se davam bem com os pais, por alguma razão não prosperavam como poderiam. Quase chegavam onde queriam, mas algo acontecia. Ou até alcançavam a felicidade, mas ela não era estável.

Depois da morte do meu pai eu também me sensibilizei e dei muito mais valor a minha família (mãe e irmãos, primos e tios). Passei a ter mais paciência com a minha mãe, ela na verdade não mudou, continua me deixando de cabelo em pé às vezes, mas, minha percepção de tudo mudou. Ela é tudo pra mim!

Bom, tudo começou a melhorar: oportunidades surgindo, pessoas importantes no meu trabalho me apoiando, pessoas novas na minha vida agregando valor, amigos me ajudando, criatividade aflorada, voltei a dançar, me sinto mais bonita e interessante, enfim… Meu espírito todo sacudiu. RS!

Hoje em dia trabalho na empresa dos meus sonhos, sou próspera, me sinto muito bem comigo mesma, tenho voz e poder. E isso acontece de dentro pra fora.

Succes is something you attrack by the person you become! (Jim Rohn)

By Maria Carolina Mattos