Geração mi mi mi

Estamos em constante mutação, mas não nos damos conta disso porque somos resistentes, seres presos a paradigmas e mentiras contadas à nós desde a infância.

Você é a mesma pessoa de 10 anos atrás? Se for, você tem algum problema sério, me desculpe. Provavelmente nem de 5 anos atrás, mesmo que quisesse. Impossível permanecer o mesmo, mas, uma vez que aceite isso, a sua vida decola e com isso acaba descobrindo coisas que nem imaginava existir. Quem conhece essa sensação sabe do que eu estou falando.

Inventaram uma verdade pra gente que só existiu na vida de quem contou, de como o mundo funciona, de como os empregos deveriam ser, de como os pais são a base de tudo e sempre tem razão. Bullshit!

Pára tudo! Você tem hoje em dia, repertório suficiente para decidir como quer viver. Os modelos que nossos pais viveram já não servem mais pra nós e àqueles pais que insistem nos padrões antigos e julgam seus filhos por serem diferentes são no mínimo egoístas. Além disso, tenho visto também pessoas repetirem vários erros de seus pais, principalmente nos relacionamentos. Você não precisa ser igual, será que já não viu o bastante para poder escolher evoluir?

Sabe o que eu vejo? Um bando de bebês chorões, mamando na teta dos pais e nunca contentes com nada, achando que o mundo lhes deve algo.

Estamos vivendo o “Me me me generation”

A conclusão é que você nunca vai descobrir quem é de verdade se não se permitir ser diferente, assumir responsabilidades, andar com as próprias pernas, insistir em algo, ser persistente, crescer e passar por dificuldades pra descobrir suas próprias forças!

Conheça a ti mesmo, se explore, entenda sua natureza, assuma seu lugar no mundo, sua responsabilidade para com tudo à sua volta, perceba a natureza selvagem das pessoas e desfrute disso. Tudo tem seu tempo de colheita, não existe a necessidade de ser imediatista, só não espero sentado. Faça algo com sua vida.

By Maria Carolina Mattos